Bolsonaro defende decisão de Kassio Nunes sobre deputado aliado e ataca TSE

2 Min. de Leitura

O presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu nesta quinta-feira (02/06) a decisão do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), de restituir o mandato do deputado estadual Fernando Francischini (UB-PR).

O deputado havia sido cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em outubro passado devido à publicação de vídeo, no dia das eleições de 2018, no qual afirmou que as urnas eletrônicas haviam sido fraudadas para impedir o voto no atual chefe do Executivo.

Em sua live semanal nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que a decisão da corte eleitoral havia sido “inacreditável”. Ele voltou a atacar o TSE e a espalhar teorias da conspiração sem provas contra o sistema eletrônico de votação e sobre o último pleito presidencial.

Bolsonaro também afirmou que o TSE tem tomado “medidas arbitrárias contra o Estado democrático de Direito” e atacado “a democracia”. “Não querem transparência no sistema eleitoral”, disse.

A decisão de Kassio tem um efeito simbólico uma vez que mexe não só com as eleições como também com a crise permanente de tensão de Bolsonaro com o Poder Judiciário./Folha SP

Compartilhar Notícia