Bolsonarismo raiz assume comando da legenda no estado, Carmelo Neto é anunciado como novo presidente da sigla no Ceará

2 Min. de Leitura

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, oficializou, na tarde desta quarta-feira (22/11), o deputado estadual Carmelo Neto como presidente da legenda no Ceará. Ele vai substituir o prefeito de Eusébio, Acilon Gonçalves, que ocupava o cargo de presidente estadual do PL e renunciou nesta terça-feira (21/11), alegando divergências de entendimento com outros membros da sigla e que iria se dedicar as eleições municipais do ano que vem, as quais liderera um grupo de amigos e gestores aliados na Região Metropolitana de Fortaleza.

O nome de Carmelo Neto foi definido após acordo para encontrar a unidade do partido, após os ânimos terem se acirrado entre ele e o deputado federal André Fernandes (PL).

“Recebi, na sede do nosso partido, os deputados da bancada federal do Ceará, Dr. Jaziel, Matheus Noronha, André Fernandes, Júnior Mano e o deputado estadual Carmelo Neto. Discutimos pautas importantes para o estado, o partido e o Brasil. Entre elas, a decisão de anunciarmos o nome do deputado Carmelo Neto como presidente do diretório estadual do PL no Ceará e o do deputado André Fernandes como pré-candidato à prefeitura de Fortaleza. Seguiremos sempre fortes e unidos em nome da liberdade e da democracia. Desejo sucesso aos jovens deputados em suas novas jornadas. O PL Nacional sempre estará à disposição. Contem sempre com o nosso partido”, enfatizou Costa Neto em uma publicação em suas redes sociais.

Com o novo comando o PL do Ceará passa a ter uma nova postura, tanto o camando da legenda na capital cearense quanto nos demais municípios do interior do estado, agora terão dois presidentes completamente afinados com o bolsonarismo raiz do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Compartilhar Notícia