Assassinato de Marielle Franco e Andreson Gomes está perto de ser desvendado, Ronnie Lessa faz acordo de delação com a PF

2 Min. de Leitura
CORRECAO CREDITO RIO DE JANEIRO 24/10/2017 METROPOLE VEREADORA ASSASSINADA Vereadora Marielle Franco (PSOL RJ) durante Debate Público: Medidas Socioeducativas em Meio Aberto na Camara Municipal do Rio de Janeiro - A vereadora Marielle Franco (PSOL) foi assassinada a tiros, na noite desta quarta-feira (14), no bairro do Estácio, no Centro do Rio. O motorista, que guiava o carro, também foi baleado e morreu. Foto:Mário Vasconcellos/CMRJ

Ronnie Lessa, o ex-policial militar reformado acusado do assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, fez acordo de delaçao com a Polícia Federal (PF).

A Informação foi divulgada neste domingo (21/1) pelo colunista Lauro Jardim, do O GLOBO. A delação agora, precisa passar por homologação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

De acordo com a delação do ex-PM Élcio de Queiroz, Ronnie Lessa teria aparecido na casa dele no dia seguinte ao crime, acompanhado do ex-bombeiro Maxwell Corrêa, para se desfazer do carro usado no assassinato da vereadora e do motorista. Lessa teria se desfeito dos pedaços da placa do carro usado no assassinato na linha férrea dos trens urbanos no Rio de Janeiro.

“Após jogar os pedaços da placa e as cápsulas, deixamos o Maxwell na casa da mãe dele, porque ele disse que iria “agitar” o sumiço do carro. Ele falou que iria procurar um conhecido nosso, cujo apelido era Orelha, que já teve agência de automóvel e trabalhava com seguro de carro e hoje em dia tem uma sorveteria (…) Depois disso fiquei sabendo através do Maxwell que esse carro de fato sumiu e que foi para o morro da Pedreira, onde havia um desmanche de carro. Quando eu perguntei para o Orelha se havia dado sumiço no carro, ele me cortava e desconversava”, afirmou Élcio em sua delação.

O chefe da PF, Andrei Rodrigues, havia dado recentemente o prazo de março para o crime ser solucionado, inclusive com descoberta do mandante.

O assassinato da vereadora e do motorista completam seis anos em março deste ano.

Compartilhar Notícia