Alckmin diz que Bolsonaro é “desocupado”, mas “não atrapalha governo”

1 Min. de Leitura

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), disse, nesta quarta-feira (24/1), que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) é um “desocupado”, mas considerou que ele não atrapalha o governo Lula (PT).

“O ex-presidente é um desocupado”, ressaltou Alckmin em entrevista ao portal UOL.

“Não é que ele atrapalha, é uma coisa meio panfletária, meio descompromissada com as coisas. É fake news. E [ele] advoga uma tese quase incivilizatória. Quem não é democrata não deve participar de eleição”, prosseguiu o vice, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

Sobre o atual governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), Alckmin disse ainda estar “muito no começo” para avaliar. Tarcísio foi ministro da Infraestrutura de Bolsonaro.

O vice-presidente, que já governou São Paulo por quatro mandatos, salientou que é natural o incumbente ser candidato à reeleição, indicando que é possível que Tarcísio dispute o cargo novamente em 2026.

Questionado se disputaria a chefia do Executivo, Alckmin falou do atual presidente: “O candidato natural é o presidente Lula. Onde tem reeleição, o candidato natural é o titular, eu fui três vezes reeleito governador de São Paulo, é natural que o titular seja o candidato”./Metrópoles

Compartilhar Notícia