/Aécio é salvo e Doria perde dentro do PSDB

Aécio é salvo e Doria perde dentro do PSDB

Aécio Neves (PSDB) foi salvo nesta quarta-feira (21/08) na votação que pedia sua expulsão do partido. A Executiva da sigla rejeitou o pedido por 30 votos a 4 e sinalizou que Doria não tem tanta força no partido. A decisão de livrar Aécio do processo de expulsão foi feita a portas fechadas e em determinados momentos os ânimos se acirraram.

Doria defendia a expulsão do deputado para levar adiante o que chamou de “faxina ética” no PSDB, que no ano passado teve o seu pior desempenho eleitoral da história. Em nota, o tucano criticou a decisão da direção do partido, que, segundo ele, ” escolheu o lado errado”.

“Respeito a votação, mas ela não reflete o sentimento da opinião pública brasileira. Cada membro da Executiva deve responder por sua posição. A minha é clara: Aécio Neves deve se afastar do PSDB e fazer sua defesa fora do partido”, afirmou o governador de São Paulo.

O deputado Celso Sabino (PSDB-PA), relator do pedido de expulsão, alegou que Aécio não foi condenado e, por isso, não havia motivo para expulsão. Na avaliação de parlamentares, caso levasse o afastamento adiante, o partido daria força ao discurso de criminalização da política.

Após o resultado, Aécio afirmou que a decisão da Executiva foi democrática e negou significar uma derrota de Doria. “Acho que isso permitirá que o PSDB cumpra seu papel de um partido de centro, com a grave preocupação social e que pode voltar a ser protagonista no processo político brasileiro”, destacou Aécio.

Comente com Facebook