A ordem no Planalto é tentar mudar a pauta da mídia nesta semana

1 Min. de Leitura

A polêmica do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, ligando o presidente Bolsonaro em gravações de áudios que insistem em puxar o mandatário para o furacão dos supostos esquemas no MEC, que precisam ser aprofundados, fizeram a comunicação do Planalto agir para tentar mudar a pauta da mídia da semana.

A Secretaria Especial de Comunicação da Presidência elaborou imagens-padrão, uma para cada Estado, na qual detalha recursos repassados a Estados desde 2019. As peças estão sendo usadas por pré-candidatos a governador, como o ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL-RS), e por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), que é responsável pela coordenação da campanha. Além de tentar trocar a pauta, a tática também ajuda a revigorar a rivalidade contra governadores após a sanção do projeto de lei que reduziu o ICMS de combustíveis e energia.

A ideia da troca da pauta da mídia do envolvimento de pastores com o MEC e o duelo com governadores na questão do ICMS, desafogaria a rejeição de Bolsonaro que ainda lidera o quesito de acordo com a última pesquisa FSB.

 

 

Compartilhar Notícia