Reunião na Fetraece avalia os impactos do Programa Um Milhão de Cisternas

1 Min. de Leitura

O presidente da Federação do Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), Raimundo Martins, recebeu na sede da Fetraece, em Fortaleza, nesta semana a consultora do Ministério do Desenvolvimento Social, Elis Gardênia, para discutir os impactos do Programa Um Milhão de Cisternas (P1MC) na vida dos cearenses e a importância dele na Segurança Hídrica, Segurança Alimentar e Nutricional

O uso desse sistema de captação de água garante economia na conta, diminuindo pela metade os gastos com a conta de água.

A cisterna permite o reaproveitamento da água e combate a sua escassez, o que torna o seu uso uma atitude ecologicamente responsável e consciente. Ainda, é uma forma de você contribuir para uma cultura de sustentabilidade nas construções, fazendo a sua parte para que, no futuro, todas as edificações já venham com cisternas construídas.

O encontro foi proveitoso para avaliar o impacto da política pública que visa minimizar os efeitos da estiagem do homem e da mulher do campo. Também estiveram presentes; Anizia Gomes, Marcones Pereira, William Souza e Edivaneide Oliveira.

Compartilhar Notícia