Presidente confirma que Magno Alves não fica para 2018: “Exposição desnecessária”

2 Min. de Leitura

A gora é oficial. Magno Alves não fica no Ceará para 2018. Com o contrato vencendo no fim deste ano, o presidente do clube, Robinson de Castro, confirmou neste início de semana que o atacante não fará parte dos planos do Vovô para a próxima temporada. A entrevista foi concedida ao programa Grande Jogada, da TV Diário.

– Foi feita uma pressão desnecessária. O jogador foi mal assessorado, mal conduzido. Respeito a história de todos os jogadores do Ceará. Forçar a barra é muito ruim. O clube tem que estar acima de tudo, inclusive de mim, presidente. Todos nós temos que ter profissionalismo no que fazemos. Já era uma decisão do ponto de vista técnico de que ele não ia ficar. Agora complicou mais ainda por conta dessa exposição desnecessária. Quando você começa a tirar o merecimento, tira uma situação que não fica bem – avaliou o dirigente.

Magno Alves foi o artilheiro do Ceará na temporada 2017, com 10 gols marcados. Neste ano, ele chegou ao gol de número 100 pelo Vovô e se tornou o 6º maior artilheiro da história do clube. O contrato do Magnata termina no dia 31 de dezembro de 2017.

(ge)

Compartilhar Notícia