/Operação de Guerra no Carnaval de Fortaleza

Operação de Guerra no Carnaval de Fortaleza

As forças de segurança estão atuando de forma conjunta neste Carnaval no Ceará. O governador Camilo Santana (PT) solicitou ao presidente, Jair Bolsonaro o emprego da GLO (Garantia da Lei e da Ordem) que foi autorizado por decreto pelo Chefe da Nação, devido a greve dos policiais militares no Estado.

Atuam conjuntamente a Força Nacional de Segurança e as forças armadas; Exército, Marinha e Aeronáutica. De acordo com nota do comando da operação, estão sendo realizados patrulhamentos motorizados e a pé em “pontos estratégicos espalhados por toda a cidade”.

Também foi confirmado o emprego de veículos blindados e helicópteros da Marinha e da Aeronáutica. São cerca de 300 viaturas e 2.500 militares que atual em Fortaleza oriunos de vários estados brasileiros.

Nesta segunda-feira (24/02), estão confirmadas as presenças no Ceará dos ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Sérgio Moro (Justiça), além do advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, eles cumpriram agenda com o comando da operação, na 10ª Região Militar (10ª RM), e com o governo do Estado, no Palácio da Abolição.

(Foto:Bárbara Moira)

Comente com Facebook