/Estado afasta 230 policiais militares por “condutas transgressivas”

Estado afasta 230 policiais militares por “condutas transgressivas”

Já somam 230 policiais militares afastados por participação no motim iniciado na última terça-feira (18/02). Em edição do Diário Oficial do Estado (DOE) publicada neste domingo (23/02), outros 62 nomes se juntam aos 168 que já haviam sido afastados na sexta-feira (21/02).

Conforme o DOE,  instauração de Processos Administrativos Disciplinares (PADs) pela Controladoria Geral de Disciplina (CGD) foram contra 61 agentes por “deserção especial”, e um por “estimular a paralisação nas redes sociais”. Neste domingo, o Estado divulgou as prisões de mais de 30 PMs por deserção.

Os PMs, de acordo com o Diário Oficial,  respondem por participação em “condutas transgressivas” e “incapacidade de participação nos quadros da Polícia Militar”.

Comente com Facebook