/Comissão de Agropecuária da AL-CE, realiza Audiência Pública sobre reforma da Previdência

Comissão de Agropecuária da AL-CE, realiza Audiência Pública sobre reforma da Previdência

O deputado estadual Moisés Brás (PT) presidiu Audiência Pública no Plenário Murilo Aguiar da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, na tarde desta segunda-feira (11/03). Participaram dos debates o ex-ministro da Previdência, Carlos Gabas, os deputados federais do Partido dos Trabalhadores, José Guimarães, José Airton Cirilo e Paulo Pimenta, os deputados estaduais, Carlos Felipe, Augusta Brito, ambos do PC do B, Acrisio Sena (PT) e Fernando Santana (PT), além de vereadores, da capital e interior, representantes partidários, lideranças sindicais e um grande número de simpatizantes da causa trabalhista.

O ex-ministro da Previdência Carlos Gabas disse que a reforma que foi enviada ao Congresso está fadada ao fracasso, uma vez que segue o mesmo modelo da Previdência do Chile e que já quebrou por lá. Segundo ele, o Brasil tem um dos melhores modelos de Proteção Social do mundo e o governo atual pretende entregar o novo modelo aos bancos. Para Gabas, o modelo proposto por Paulo Guedes, acaba com modelo solidário e institui o modelo de capitalização individual. “Se com as atuais três fontes de financiamentos ela está quebrada, como ela vai se sustentar somente com o modelo de contribuição individual. Essa lógica estimula o individualismo e a sociedade precisa se unir para resolver seus próprios problemas. Esse modelo durou quarenta anos no Chile e hoje está comprovado que não deu certo.” Destacou Gabas.

O deputado Federal, José Guimarães conclamou a militância a resistir e ressaltou que tão importante quanto a luta contra a reforma da Previdência é intensificar a campanha Lula Livre, uma vez que o líder maior do Partido dos Trabalhadores tem solicitado que eles resistam contra esse modelo de massacrar a classe de trabalhadores.

O líder do Partido dos Trabalhadores, deputado federal, Paulo Pimenta, disse que a palavra de ordem contra a reforma da Previdência é não passar. O partido dos Trabalhadores vai se impor na Comissão de Constituição e Justiça. Essa reforma da forma como está colocada não tem como ir para votação, o modelo imposto pelo governo muda totalmente a lógica de contribuição e futuramente irá acabar com as aposentadorias e temos que resistir, destaca o líder do PT na Câmara Federal. Paulo Pimenta falou ainda de sua visita ao ex-presidente Lula, por ocasião da morte prematura do neto do ex-presidente. Paulo teria indagado ao líder maior do Partido do Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre qual mensagem deveria ser levada ao povo brasileiro. Lula teria dito: ” aos que perguntarem por mim, agradeça e diga que estou bem. Quanto a vocês, percorram esse País, falem de Soberania, não deixem que entreguem o nosso patrimônio brasileiro e falem de Previdência, para esclarecer a todos que estamos lutando para preservar os direitos da classe trabalhadora.” Essa foi a mensagem deixada pelo ex-presidente Lula a todos vocês, destacou Paulo Pimenta.

Comente com Facebook