//Ministério Público dá 48 horas para prefeitura de Ipueiras esclarecer falta de merenda nas escolas

Ministério Público dá 48 horas para prefeitura de Ipueiras esclarecer falta de merenda nas escolas

Compartilhe!

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio da Promotoria de Justiça de Ipueiras, abriu procedimento nesta quinta-feira (16/3) para apurar denúncias veiculadas na mídia local sobre falta de merenda escolar na rede pública de ensino do município de Ipueiras. Em razão disso, o MP, por meio do promotor de Justiça, Bruno de Albuquerque Barreto, oficiou à Secretária Municipal de Educação para, que no prazo de 48 horas, preste os devidos esclarecimentos sobre a situação.

De acordo com a Notícia de Fato instaurada na Promotoria de Justiça de Ipueiras, as possíveis irregularidades dizem respeito ao fornecimento e distribuição de merenda escolar na rede pública de ensino infantil do município. Consta das denúncias que chegaram ao conhecimento da Promotoria que, nesta quarta-feira (15/3), pais de alunos da Escola Noemi Vasconcelos fizeram uma manifestação pacífica, cobrando explicações da administração municipal. A escola fica no distrito de Engenheiro João Tomé, também conhecido como distrito do Charlito.

Na ocasião, pais e responsáveis relataram que as crianças estariam retornando mais cedo para suas residências, por volta de 10 horas da manhã, devido à falta de alimentos na instituição de ensino. Durante a manifestação, também foi informado que o mesmo problema estaria acontecendo em outras escolas municipais, como a Escola Matriz de São Gonçalo.

 

 


Compartilhe!

Comente com Facebook