/Mulher acusada de ser racista contra filhos de Giovanna Ewbank é solta em Portugal

Mulher acusada de ser racista contra filhos de Giovanna Ewbank é solta em Portugal

Compartilhe!

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso estavam com seus filhos no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, no sábado (30/07), quando uma mulher foi racista com as crianças. O vídeo que viralizou na internet, mostra Giovanna revoltada com as falas preconceituosas e enfrentando a mulher, enquanto Bruno chama a polícia. “Racista nojenta”, disse Giovanna encarando a moça.

Segundo nota divulgada pela assessoria do casal, a mulher branca que passava em frente ao restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também uma família de turistas angolanos que estava no local. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outros xingamentos, como “pretos imundos”. Os atores já informaram que prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal português O Público, neste domingo, 31, a mulher foi presa após os ataques. No entanto, a detenção só aconteceu pelo fato de a ofensora ter injuriado funcionários da Guarda Nacional Republicana (GNR) que tomaram conta da ocorrência.  A Divisão de Comunicação e Relações Públicas da GNR informou que a mulher estava alcoolizada no momento da detenção e já foi solta. /AE

Foto: Reprodução/Instagram


Compartilhe!

Comente com Facebook