/Camilo pede apuração rigorosa do incêndio no Parque do Cocó

Camilo pede apuração rigorosa do incêndio no Parque do Cocó

Compartilhe!

O governador Camilo Santana (PT) disse nesta quinta-feira (18/11) que tem acompanhado com muita preocupação o incêndio no Parque Estadual do Cocó, em Fortaleza. O Chefe do Executivo estadual destaca que desde ontem à noite as forças do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas imediatamente com dezenas de profissionais e equipamentos para debelar o fogo, que está em fase de controle, aeronaves da Ciopaer também estão sendo utilizadas para o lançamento de água sobre as chamas.

O governador ressaltou ainda que o Parque do Cocó é um patrimônio ambiental do Estado e determinou que seja realizada uma rigorosa apuração das causas do incêndio.

“Agradeço aos Bombeiros pelo trabalho incansável nessa ação, assim como as demais forças de segurança e órgãos do Estado e da Prefeitura de Fortaleza. O Cocó é um patrimônio ambiental do nosso estado e tem que ser preservado. Determinei apuração rigorosa sobre as causas do incêndio”, escreveu Camilo em suas redes sociais.

NUVEM DE FUMAÇA

Desde o início do incêndio que uma nuvem branca de fumaça se alastrou por Fortaleza, ainda na noite da última quarta-feira (17/11) e trouxe problemas para muitos moradores.

Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) realizaram bloqueios nas duas extremidades da Murilo Borges. Durante toda a manhã, o trânsito de veículos esteve bloqueado na via. De acordo com a comunicação da AMC, a via seguia intransitável até as 13h desta quinta-feira.

Moradores dos bairros Aerolândia, Lagamar, José Bonifácio, Aldeota, São João do Tauape, Guararapes, Dionísio Torres e Fátima foram alguns dos que sentiram os efeitos da fumaça nesta manhã. Próximo ao local do incêndio, era possível sentir ardência nos olhos e dificuldades para respirar.

(Foto: Fabiane de Paula/ SVM)


Compartilhe!

Comente com Facebook