/Frota quer abertura de CPI para investigar facada em Bolsonaro

Frota quer abertura de CPI para investigar facada em Bolsonaro

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) protocolou, nesta segunda-feira (13/09), um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar, segundo o parlamentar, a veracidade da facada desferida contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), quando ainda era candidato à Presidência da República e estava em campanha, em 2018.

Frota afirmou, por meio das redes sociais, que está “convencido de que foi uma armação”. “Aproveitaram a doença que esse sujeito [Adélio Bispo de Oliveira] tinha na época e criaram essa narrativa do atentado”, publicou o deputado.

O tucano destacou a projeção que Bolsonaro ganhou à época em função do ataque sofrido na ocasião. “Ele foi de 8 segundos de TV para 24 horas de TV”, explicou.

O anúncio da possibilidade de abertura de uma CPI para investigar o atentado ao agora presidente provocou reações na Câmara dos Deputados. Carlos Jordy, do PSL do Rio de Janeiro, ironizou o movimento de Frota: “O comentário é com vocês”, disse nas redes.

“Fica calmo, não foi você que tomou a facada, foi? Então, se nada tem, assina o pedido, assim você mostra que é o cara. Já que não tem nada, você deveria ser o primeiro a assinar”, provocou o tucano./ Metrópole

Comente com Facebook