/TRE-CE marca julgamento que pode cassar o mandato do prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra

TRE-CE marca julgamento que pode cassar o mandato do prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) coloca em pauta nesta quinta-feira (05/08) o julgamento do recurso apresentado pelo prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos) que cassou os diplomas dele e do vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSD), por decisão do juiz eleitoral da 28ª Zona Eleitoral do Ceará, Giacumuzaccara Leite Campos, por abuso de poder econômico na eleição de 2020.

Glêdson Bezerra teria usado de forma irregular dois helicópteros, um durante uma carreata da campanha que teria despejado uma “chuva” de papel picado e um outro na véspera da campanha soltando panfletos informando que as candidaturas da chapa, até então indeferidas, haviam sido “liberadas” pela Justiça Eleitoral, os eventos foram transmitidos pelas redes sociais.

Na oportunidade, o juiz destacou ainda que, apesar de ter trazido aos candidatos “grande benefício, a ponto de tornar injusta e desproporcional a propaganda eleitoral”, o uso do helicóptero não aparece na declaração de despesas de campanha de Glêdson e Giovanni. No texto, ele ressalta o alto custo com combustível para manter um sobrevoo longo deste tipo.

Caso perca o julgamento, Glêdson ainda poderá apresentar novos recursos tanto ao TRE quando ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso tenha a condenação mantida e os embargos sejam julgados desprovidos, o TSE marcará novas eleições no município.

O prefeito além dos problemas com a Justiça Eleitoral ainda enfrenta no município quatro Comissões Parlamentar de Inquérito (CPI) que envolvem acusações desde nepotismo, contratações irregulares e  até “fura-filas” na vacinação contra Covid-19.

Comente com Facebook