/Rebeca Andrade ganha primeiro ouro da ginástica artística feminina e faz história

Rebeca Andrade ganha primeiro ouro da ginástica artística feminina e faz história

O Brasil pode comemorar mais um ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. É de Rebeca Andrade, que fez história ao conquistar o primeiro ouro da ginástica artística feminina neste domingo (01/08), ao marcar 15.083 na prova do salto. Ela se tornou ainda a primeira mulher brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição olímpica. Ela já havia conquistado a prata no individual geral.

Ela superou marcas de Guilherme Paraense (Antuérpia 1920), que conquistou ouro e bronze no Tiro Esportivo. César Cielo também conquistou ouro e bronze, em Pequim 2008.

Rebeca tem chance de aumentar a sua coleção na final do solo, que será disputada nesta segunda,.

“Eu dedico a conquista da medalha de ouro a todo mundo, mas, em especial, ao meu treinador, Francisco Porath. A gente trabalhou muito e era um dos aparelhos em que eu tinha mais chance, como vocês sabem. Eu fiquei muito satisfeita. Acho que fico mais feliz com a felicidade dele do que com a própria medalha. Ele só quer me ver brilhar e a única forma que eu posso retribuir é com a minha ginástica e nosso trabalho. Eu pude fazer isso por ele na quinta, com a medalha de prata, e hoje, com a medalha de ouro. E é isso que eu vou buscar fazer, dar orgulho para as pessoas, para a minha família e pra mim”, disse Rebeca.

“Estou bombando nas redes sociais, a galera ficou bem feliz. Mas a minha cabeça está a mesma de quando eu saí do Brasil para vir competir, totalmente concentrada, sabendo as coisas que importam e o que eu preciso fazer, para depois pensar em tudo isso que está acontecendo. Eu sempre reposto o que as pessoas me marcam, eu sei que elas torcem demais e querem o melhor pra mim, isso é muito legal. Estou bem centrada, amanhã tem mais um dia de competição, mais um dia que vou dar 110% de mim e é nisso que estou pensando… E na medalha também, claro”, concluiu.

Comente com Facebook