/Justiça proíbe DJ Ivis de vender imóveis que comprou com Pamella e divulgar imagens difamatórias da ex-mulher

Justiça proíbe DJ Ivis de vender imóveis que comprou com Pamella e divulgar imagens difamatórias da ex-mulher

A Justiça determinou que Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, 29 anos, devolva alguns objetos da ex-mulher, Pamella Holanda, 27 anos, que estão sob poder dele. O músico segue preso após a arquiteta divulgar vídeos em que ele aparece a agredindo em mais de uma ocasião.

A decisão visa permitir que Pamella possa ir até a antiga residência do casal, em um condomínio de luxo na cidade de Aquiraz (região metropolitana de Fortaleza), para resgatar os itens. Ela deverá comparecer sob proteção policial.

Além disso, a Justiça também suspendeu procurações que a ex-mulher havia assinado autorizando o DJ a assinar documentos por ela e, temporariamente, estabeleceu que os imóveis que o ex-casal tem em conjunto não possam ser vendidos.

Também foi definido que ele deve ressarci-la pelo celular que ele destruiu durante uma das agressões (no valor de R$ 11 mil), que ele terá que pagar pensão alimentícia para ela e, por fim, que ele fica proibido de divulgar na internet imagens e vídeos íntimos ou qualquer outra publicação difamatória à imagem da arquiteta.

 

Comente com Facebook