/Arquidiocese de BH segue prefeito Alexandre Kalil e mantém Páscoa online apesar da decisão do ministro Kassio Nunes

Arquidiocese de BH segue prefeito Alexandre Kalil e mantém Páscoa online apesar da decisão do ministro Kassio Nunes

A Arquidiocese de Belo Horizonte, da Igreja Católica, seguiu sua programação de missas online neste domingo de Páscoa (04/04), apesar de o ministro Kassio Nunes, do STF (Supremo Tribunal Federal), ter autorizado a celebração presencial de cultos religiosos em todo o país.

Em Belo Horizonte o prefeito Alexandre Kalil (PSD) disse que não endossaria a reabertura dos templos religiosos da cidade por causa do agravamento da Covid-19.

A capital mineira acumula mais de 3.300 óbitos e 144 mil casos confirmados da doença causada pelo coronavírus.

Dom Walmor Oliveira de Azevedo, o arcebispo de Belo Horizonte, manteve as cerimônias remotas e dispensou os encontros presenciais nas 266 paróquias que estão sob o guarda-chuva da instituição na região.

Numa mensagem gravada e publicada neste sábado (3), véspera da Páscoa, Azevedo exaltou a importância do distanciamento social como um remédio na travessia do pior momento da pandemia.

Cartaz com recomendações sobre como proceder nas missas, produzido pela Arquidiocese de Belo Horizonte

(Foto: reprodução)

Comente com Facebook