/Vacinação segue em ritmo lento, Ceará e mais 15 estados tentarão comprar vacina direto com os laboratórios

Vacinação segue em ritmo lento, Ceará e mais 15 estados tentarão comprar vacina direto com os laboratórios

No Brasil, até sexta-feira (19/02) haviam sido vacinados, 5,7 milhões de pessoas, o que representa um percentual de apenas 2,7% da população total. No Ceará, mais de 300 mil doses já foram aplicadas, mas, somente 44 mil pessoas dos grupos prioritários receberam a segunda dose.

Diante das dificuldades de vacinação da população, os governadores do Ceará e de mais 15 Estados irão buscar alternativas para o fornecimento de vacinas direto com os laboratórios, a decisão já foi comunicada ao Ministério da Saúde, que teria aberto a possibilidade de reembolsar os Estados pela aquisição. Além do Ceará, aprovaram a compra direta das vacinas os Estados do Piauí, Espírito Santo, Amapá, Pará, Rio Grande do Sul, Amazonas, Paraíba, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Acre e Bahia.

O Governador Camilo Santana voltou a falar sobre o tema em suas redes sociais, destacando a vacinação no Ceará e reiterando que a única forma de barrar a proliferação do vírus é a vacina, mas ponderou, que enquanto ela não chegar os cuidados devem ser redobrados evitando aglomerações. “Ultrapassamos a marca de 300 mil doses de vacina contra a Covid aplicadas no Ceará, sendo que mais de 44 mil pessoas dos grupos prioritários nessa primeira etapa de imunização já receberam a segunda dose. Um novo lote de vacinas deverá chegar nesses próximos dias, segundo o Ministério da Saúde. A cada dia estamos ampliando os leitos de enfermaria e UTI para Covid diante do preocupante aumento de casos. Reforço que, até que todos sejam imunizados, a prevenção é a única forma de frearmos esse rápido aumento de casos, sendo fundamental que nossa população tome os cuidados necessários evitando aglomeração e sempre usando máscara.”

Comente com Facebook