/Crateús, Nova Russas, Tamboril, Ipueiras e Santa Quitéria, a situação política e os desafios das novas gestões

Crateús, Nova Russas, Tamboril, Ipueiras e Santa Quitéria, a situação política e os desafios das novas gestões

No dia 1º de Janeiro, os novos prefeitos tomaram posse em seus respectivos municípios, depois de um 2020 que podemos considerar um ano perdido. Os prefeitos eleitos, diplomados e empossados assumem o mandato com a perspectiva de dias melhores, principalmente no campo da saúde, sonhando com a chegada de uma vacina que possa devolver aos cidadãos e cidadãs a tão sonhada “normalidade” da vida.

São grandes os desafios que vem pela frente. O combate ao coronavírus não pode ser menosprezado em momento algum, até que se tenha vacinado a população. A recuperação da Educação é outro ponto fundamental, mesmo diante de todos os esforços tecnológicos envidados para manter a normalidade do ensino, além da busca de novas alternativas em relação a geração de emprego e renda, diante do fim do auxílio emergencial. Os novos gestores precisarão de liderança, ética, bom senso, experiência, força política e capacidade administrativa para superar estes novos desafios.

Em Crateús o prefeito Marcelo Machado foi reeleito com mais de 70% dos votos e conta com a experiência do médico e ex-prefeito Dr. Nenzé para ajudar nesta árdua missão de governar Crateús pela segunda vez. Mesmo com dois vereadores de oposição, Marcelo Machado fez a Câmara Municipal, com Deusimar da Ponte, eleito por unanimidade e se comprometeu em tentar fazer uma gestão muito mais eficiente e produtiva neste seu segundo mandato.

Em Nova Russas, uma das situações mais cômodas da região, a prefeita Giordanna Mano, mostrou a força da mulher na polícia do município. Giordanna conta com o apoio de seu esposo, o deputado federal Júnior Mano (PL-CE) para enviar recursos para cidade e tem na presidência da Câmara um aliado, Sebastião Mano, além de contar com a grande maioria dos 13 vereadores na base de apoio. A prefeita também pegou o município saneado financeiramente e com condições de receber novos investimentos, facilitando a realização de novas obras e ações que possibilitem o desenvolvimento da cidade.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

Tamboril vive uma situação parecida com a de Nova Russas, porém, o prefeito Marcelo Mota, ainda vai ter que organizar a casa administrativa, pois vai receber o município com algumas dívidas da gestão passada que precisam ser sanadas. Marcelo também fez a Câmara Municipal, com Giovani do PT e terá um Poder Legislativo harmônico e antenado com as mudanças que necessitam ser implementadas. No dia da posse, o deputado estadual Jeová Mota, anunciou investimentos da ordem de R$ 3 milhões de reais para que o município comece a dar os primeiros passos em direção a uma nova era administrativa.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e terno

Em Ipueiras o prefeito Júnior do Titico, entrou na prefeitura com uma multidão no dia da posse, embora tenha vencido a eleição com uma boa margem de votos, não conseguiu fazer a Câmara, seu adversário, Raimundinho do Charito foi eleito por 8 votos a 5. Júnior do Titico terá que fazer um mandato pautado no diálogo, ou poderá encontrar dificuldades para implantar suas propostas de campanha. Ipueiras teve um momento áureo de desenvolvimento na gestão do prefeito Nenem do Cazuza, que administrou o município por três mandatos, agora, Júnior do Titico, eleito pela oposição, assume o governo carregado de grandes expectativas e terá um grande trabalho pela frente para evitar que essa ânsia não se transforme em frustração.

Já o município de Santa Quitéria, desde a campanha esteve determinado em mudar os rumos políticos, reprovando nas urnas o mandato do prefeito Tomás Figueiredo e elegendo o empresário Braguinha que tinha como companheira de chapa a médica Lígia Protásio. Braguinha também fez a Câmara Municipal com Joel Brarroso e vai precisar de tempo para colocar o município nos trilhos. São muitos os desafios que o gestor vai enfrentar, além da pandemia, da geração de emprego e renda, da Educação, o município sempre enfrentou um problema de Segurança Pública, área que também deverá ter atenção especial do novo gestor.

Braguinha toma posse como prefeito de Santa Quitéria e prega compreensão e paciência para o mandato

Sorte, suor e muita determinação aos novos prefeitos!

(Reginaldo Silva, Ceará Notícias)

 

Comente com Facebook