/Eleições 2020: cerca de 6,3 mil mulheres receberam um ou zero voto

Eleições 2020: cerca de 6,3 mil mulheres receberam um ou zero voto

Um levantamento feito sobre candidaturas femininas nas eleições deste ano, aponta que das 173 mil mulheres aptas a disputar o cargo de vereador no domingo (15/11), 6.372 tiveram apenas um ou nenhum voto.

A ausência de votos e o fato de nem a candidata ter votado nela mesma provocaram suspeitas de que essas mulheres tenham sido usadas como “laranjas” para que partidos pudessem driblar a lei e cumprir a cota de 30% de candidaturas femininas. Parte delas recebeu recursos do fundo eleitoral, dinheiro público usado para financiar gastos de campanha.

A verba na conta de mais de 500 candidatas causa estranheza, já que todas tiveram desempenho pífio nas urnas, e pode ser mais um indício do “laranjal partidário”, com o lançamento de concorrentes “de fachada”. Desde 2018, partidos devem destinar, no mínimo, 30% do fundo eleitoral para campanhas femininas. Quem não cumprir a regra pode ter as contas rejeitadas, os repasses suspensos e ser obrigado a devolver o dinheiro.

 

Comente com Facebook