/Com Marinho em grande fase, Cuca vê atacante com chance na seleção

Com Marinho em grande fase, Cuca vê atacante com chance na seleção

Eleito o melhor em campo na vitória do Santos sobre o Delfín, do Equador, por 2 a 1, pelo Grupo G da Libertadores, na madrugada de quinta (24/09) para sexta-feira (25/09), Marinho vive fase iluminada. Em 17 jogos na temporada, são 11 gols marcados e três assistências. O atacante participa de pelo menos um gol a cada 90 minutos – tempo de uma partida completa – em que está em campo. A média dele em 2020 é semelhante à do atacante Thiago Galhardo, do Internacional, artilheiro da Série A do Campeonato Brasileiro.

Não à toa, Marinho entrou no radar do técnico Tite para a seleção brasileira. A disputa no ataque é difícil. Na convocação para as partidas contra Bolívia e Peru, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar 2022, o treinador deixou fora nomes como Gabriel, Bruno Henrique (ambos Flamengo) e Vinícius Júnior (Real Madrid, da Espanha), que estão há mais tempo na briga pela amarelinha. Também não chamou Thiago Galhardo, do Inter.

Contra os equatorianos, Marinho foi outra vez fundamental. Aos 17 minutos do primeiro tempo, ele saiu da ponta esquerda em direção à área, deslocou-se da marcação e se posicionou para escorar de cabeça o cruzamento do atacante Yeferson Soteldo, colocando o Santos à frente. Foi o primeiro gol do camisa 11 em uma Libertadores.

O Delfín, que atuava em casa, no estádio Jocay, na cidade de Manta (Equador), empatou com o atacante Juan Rojas, aos 29 do segundo tempo. Mas aos 37, o Peixe voltou à dianteira. Desta vez, com Marinho iniciando a jogada. Ele deu lançamento preciso para o atacante Raniel, que cruzou rasteiro, perto da linha de fundo, para o meia Jean Mota definir na pequena área, decretando a vitória por 2 a 1.

O triunfo manteve o Santos na liderança do Grupo G, com 10 pontos, quatro a frente do Defensa y Justicia, da Argentina, que é o segundo colocado. O Peixe volta a jogar na competição continental na próxima quinta-feira (1º de outubro), novamente fora de casa – desta vez, contra o Olímpia, em Assunção (Paraguai), às 19h (horário de Brasília). Antes, neste domingo (27), o Alvinegro Praiano tem compromisso pela Série A do Campeonato Brasileiro. O time paulista visita o Fortaleza, na Arena Castelão, às 20h30./AB

Comente com Facebook