/Fortaleza registra no fim de semana praias com aglomerações e bares fechados

Fortaleza registra no fim de semana praias com aglomerações e bares fechados

Em Fortaleza, neste fim de semana bares foram fechados, prais lotadas e registrado de vários pontos de aglomerações.

Na conhecida Praia dos Crush entre 17 horas e 18 horas de ontem (02/08), quando diversos grupos se reuniam. Além dessa região, localizada entre o Espigão da João Cordeiro e a Ponte dos Ingleses, toda a extensão do calçadão da avenida Beira Mar também apresentava focos de aglomeração. Em certos pontos, a maioria utilizava máscara apesar de não respeitar o distanciamento mínimo de 2 metros; em outros pontos, a máscara se mostrava artigo raro.

As ações de fiscalização que primoveram o fechamento de bares que ainda não foi liberado na Capital vão de encontro às exigências do decreto estadual nº 33.700 publicado no último sábado, 1º, que frisa a necessidade de se manter as medidas para evitar uma nova onda de crescimento de casos e mortes decorrentes do novo coronavírus.

No sábado, a Polícia Militar do Ceará (PMCE), a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) fiscalizaram estabelecimentos em diversos bairros da Capital. Nove deles foram autuados e sete deles fechados em razão do desrespeito às normas.

O que muda com a publicação do novo decreto

Shoppings | Ganham duas horas a mais. Poderão funcionar das 12h às 22h

Salões de beleza | Podem funcionar com mais quatro horas, das 9h às 20h

Ônibus de turismo e fretados | Passam a poder atuar com capacidade máxima, respeitadas as medidas de segurança sanitária

Seguem como antes, respeitando normas sanitárias

Comércio | Lojas atendem das 9h às 17h

Barracas de praia | Podem funcionar de 9h às 23h restringindo-se a 50% da capacidade

Cerimônias religiosas | Autorizadas a ter ocupação de 100% da capacidade de espaço, desde que com uma pessoa a cada 7 m²

Academias e similares | Devem funcionar com 30% da capacidade, evitando aglomerações

Autoescolas | Aulas práticas por centros de formação de condutores devem ser agendadas e seguir protocolo próprio

Parques temáticos | Abrem com 30% da capacidade de seu atendimento

Serviços que não retornam

Bares | Não têm previsão de volta

(Com informações- O Povo)

Comente com Facebook