/Vinte governadores assinam carta em apoio a relatório do novo Fundeb que governo tenta alterar

Vinte governadores assinam carta em apoio a relatório do novo Fundeb que governo tenta alterar

Vinte governadores assinaram na tarde desta segunda-feira (20/07) uma carta em apoio ao relatório do Fundeb que o governo Jair Bolsonaro tenta alterar.

Os governadores que não assinaram a carta foram: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Amazonas e Rondônia.

A Câmara planejava iniciar nesta semana a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que renova o fundo, principal mecanismo de financiamento da educação básica. Fora das discussões desde o ano passado, o governo tenta agora desidratar o texto da deputada Professora Dorinha (DEM-TO).

A mobilização foi liderada pela governadora Fátima Bezerra (PT-RN).

Neste sábado (18/07), dois dias antes da votação na Câmara, o governo sugeriu a líderes partidários que as novas regras do Fundeb só começassem a vigorar a partir de 2022 e que metade da complementação adicional de 10% da União fosse repartida com o Renda Brasil, programa que deve substituir o Bolsa Família.

Na tarde desta segunda (20/07), o governo propôs aumento da complementação adicional da União ao fundo de 10% para 23%, mas quer 5% para um programa de auxílio-creche.

Comente com Facebook