/Crateús tem 4,70% da população infectada pelo novo coronavírus

Crateús tem 4,70% da população infectada pelo novo coronavírus

De acordo com o resultados da 3ª fase do Estudo de Prevalência da Infecção por Coronavírus no Brasil (EpiCovid19-BR), mapeamento epidemiológico do coronavírus no País, realizado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) colocam o Estado do Ceará em destaque.

Sobral é a que apresenta a maior proporção de pessoas que têm ou já tiveram a infecção por Covid-19. O estudo indica que 26,40% da população do município da Região Norte do Ceará têm anticorpos para a doença.

Fortaleza é a terceira, entre as cidades investigadas, com maior prevalência de infecção. Na Capital cearense, o índice estatístico de pessoas infectadas é de 20,20% da população, segundo dados do estudo, que é financiado pelo Ministério da Saúde.

Crateús aparece com 4,70% de pessoas que tem ou já tiveram Covid-19, levando em consideração a população total do município, este percentual equivale a pouco mais de 3.400 crateuenses infectados.

De acordo com a Universidade Federal de Pelotas, o estudo epidemiológico é o que tem o maior número de indivíduos testados do mundo para o coronavírus, com uma amostra total de 89.397 pessoas entrevistadas e testadas em 133 cidades brasileiras. No Ceará, além de Fortaleza e Sobral, foram testados também moradores de Quixadá, Juazeiro do Norte, Crateús e Iguatu. Nas seis cidades, uma amostra de habitantes foi entrevistada e testada. Ao todo, no Ceará participaram 34.155 pessoas, dos quais 1.867 testaram positivo para a Covid e, portanto, têm anticorpos para o vírus.

Em cada município foi avaliada a quantidade de pessoas testadas e a proporção de confirmações. Isto, dividido em fases distintas de coletas que ocorreram nos dias 14 e 21 de maio, 4 e 7 de junho e 21 e 24 e junho.

A coleta foi feita por representantes do Ibope Inteligência e os tipos de testes utilizados são os sorológicos, chamados testes rápidos.

Comente com Facebook