/O lado bom da solidão e isolamento social

O lado bom da solidão e isolamento social

Neste momento que nos deparamos, com um isolamento forçado, o tema da solidão vem com muita força para todos.

Por isso começo com uma pergunta para você: O que é estar só? É uma escolha? Foi imposto pela vida? Ou simplesmente é o momento de crescermos?

A solidão traz medo, vazio, carências, memórias, fantasmas. Mas o que fazemos quando nos vemos nesta condição de solitude?

Para mim, esse é o momento de crescer, de buscar dentro, as respostas para tantas ações, reações e atitudes que precisam ser acolhidas, enxergadas e muitas vezes trabalhadas ou abandonadas.

E como fazemos isto? Busque um momento só seu, feche seus olhos, faça três respirações profundas para que você aprofunde o relaxamento. Se veja como se estivesse na frente de um espelho.

Como você se vê? Faça perguntas para você, perceba se vem respostas. Pode ser uma ideia, um sentimento. Deixe fluir, não tente racionalizar. Tente estar em um estado de acolhimento em todo o processo.

Estar só e acolher este momento é de grande importância para quem quer mudar padrões e transformar a sua vida.

Exige coragem, aceitação, enxergar seu lado mais sombrio, nefasto. Mas exige, principalmente, força para saber que você é capaz de entrar nesta floresta e saber que vai conseguir sair dela. Mudado.

E para que isto ocorra é necessário um querer, a força vem do seu querer se transformar. Você é muito mais forte do que imagina. Lembra do exercício de relaxamento e visualização que descrevi no começo desse texto? Se veja confiante e seguro agora.

A bússola deste processo de compreender a solidão e isolamento social  é você mesmo. É a ligação do passado com suas ações e atitudes e a clareza do presente para que você possa vislumbrar seu futuro.

Mas se eu não conseguir? Está demais para mim.

Peça ajuda

Fale com amigos

Assista a Lives em canais que tenham a intenção de elevar sua energia

Assista a comédias. O sorrir tonifica a glândula timo, tão destacada agora por ser responsável em administrar o sistema imunológico.

E quanto aos idosos? Como será que lida com eles? Existem grupos que estão ligando para os idosos, para conversar com eles, tentar trazer ânimo e esperança para que não se sintam ainda mais isolados do que já se sentiam.

Entretanto, a dificuldade em lidar com a tecnologia os limitam. Mas existe o telefone! Portanto, estimule os idosos da sua família e próximos a você a ligarem para amigos e conhecidos.

Além disso, você pode se candidatar nos grupos que estão apoiando os idosos. Eles precisam, no mínimo, serem ouvidos./Ps

 

Comente com Facebook