/No programa Roda Viva, Camilo defende que PT faça parte do bloco de ampla defesa da democracia

No programa Roda Viva, Camilo defende que PT faça parte do bloco de ampla defesa da democracia

O Governador do Ceará Camilo Santana (PT) foi o convidado do programa Roda Viva, da TV Cultura desta segunda-feira (08/06). Na sua participação, o chefe do Executivo defendeu que seu partido faça parte do bloco das forças de oposição em defesa da democracia.

A jornalista Vera Magalhães indagou do governador se o Partido dos Trabalhadores não estava ficando irrelevante neste momento em que se ausentava de fazer parte de uma frente ampla em defesa da democracia, citando como exemplo duas “lives” realizadas no fim de semana, uma em que Camilo participou ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), com o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) e outra em que participaram FHC, Ciro (PDT) e Marina (Rede) e o PT orientado pelo “lulacentrismo” sempre ficando de fora desses debates, se essas ausências não tornaria o partido ainda mais irrelevante depois de perder as eleições.

Camilo respondeu que o PT tem um papel fundamental nesse processo de defesa da democracia brasileira, segundo ele, o povo brasileiro levou o candidato do Partido dos Trabalhadores ao segundo turno das eleições presidenciais, elegeu a maior quantidade de governadores do Brasil e a segunda maior bancada de deputados federais, mas defende que o partido neste momento contribua para essa união buscando acabar com esse extremismo que ocorre hoje no País, que não ajuda em nada na construção de um projeto nacional e todas as forças devem estar concentradas em resistir em defesa da democracia.

Comente com Facebook