/Depois que Rede, PSB, PDT, Cidadania e PSD recomendarem que as pessoas não participem dos protestos, o PT lança apoio ao movimento

Depois que Rede, PSB, PDT, Cidadania e PSD recomendarem que as pessoas não participem dos protestos, o PT lança apoio ao movimento

O PT decidiu apoiar as manifestações de rua, abrindo uma dissidência com partidos de oposição que recomendam que as pessoas não participem delas.

Na quinta (04/06), líderes da Rede, do PSB, do PDT, do Cidadania, do PSD e até o senador Jaques Wagner (PT-BA), vice-líder que está no exercício da liderança do partido no Senado, assinaram nota conjunta que aconselhava as pessoas a não se manifestarem por causa da epidemia do novo coronavírus.

Já o PT lançou uma nota dizendo que apoia, sim, as manifestações. E afirma que Wagner não tinha conhecimento da posição da legenda.

Em nota, o PT diz que os atos são legítimos e pacíficos e estão orientando militantes e manifestantes a redobrarem os cuidados, com uso de máscaras, mantendo distância e não entrando em provocações. “As manifestações pacíficas de rua contra Bolsonaro e o fascismo são o fato novo na luta pela democracia e pela vida no Brasil”, afirma a nota divulgada nesta quinta-feira (04/05).

Guilherme Boulos diz que “Não basta sermos maioria na sociedade”, afirmando a importância de ocupar às ruas. A Frente Povo Sem Medo é responsável por evento neste domingo (07/06) na Avenida Paulista, em São Paulo.

Comente com Facebook