/Começa nesta segunda a fase de transição da retomada econômica no Ceará

Começa nesta segunda a fase de transição da retomada econômica no Ceará

No primeiro dia de transição da retomada econômica do Ceará, com duração de sete dias, será permitido o funcionamento de lojas de material de construção, óticas e salões de cabeleireiro, manicure e barbearia. A representação dos segmentos garantem que seguirão os novos protocolos para dar maior segurança aos clientes e colaboradores.

Os “Salões de Beleza”  atuarão com apenas 30% da capacidade, com revezamento de funcionários, e devem realizar o atendimento apenas com hora agendada, para evitar que as pessoas fiquem esperando, segundo explica o  presidente do Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros, Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza (Sindibel), Naugusto Freire. “A orientação é não deixar os clientes aguardando. Ele deve chegar e ser imediatamente atendido”, destaca.

Os estabelecimentos devem respeitar uma distância mínima de dois metros, de um atendimento para outro, e disponibilizar álcool em gel para clientes e funcionários. “O uso de máscara é obrigatório por parte dos colaboradores, além de óculos ou protetor facial, tendo em vista que há uma proximidade de respiração na hora do serviço.

Presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), Cid Alves também reforça que os segmentos liberados a abrir suas lojas “não podem errar”, pois a continuidade do plano de retomada do Governo está diretamente ligada aos resultados da fase de transição. “Todos precisam ser bons exemplos para as próximas etapas de reabertura”, pontua. Segundo ele, os estabelecimentos autorizados a reabrir devem disponibilizar álcool em gel e máscaras para funcionários e consumidores. “Vamos colocar fitas sinalizadoras para que clientes entrem e saiam pela mesma porta. Além disso, devemos implementar o mesmo protocolo dos supermercados, de limitar o acesso a apenas uma pessoa por família”, revela.

Comente com Facebook