/Transição: Governo anuncia lista de setores que iniciam a retomada econômica no Ceará

Transição: Governo anuncia lista de setores que iniciam a retomada econômica no Ceará

O governador Camilo Santana (PT) apresentou o plano de retomada das atividades econômicas no Estado durante transmissão ao vivo em suas redes sociais nesta quinta-feira (28/05). O plano passa por uma fase de transição que terá início no próximo dia 1º de junho. O decreto de isolamento social será renovado.

No dia 1º de junho, na primeira semana de transição da retomada econômica do Ceará, voltam a funcionar: Indústria Química e correlatos com trabalho presencial de (30%), artigos de couros e calçados (20%), cadeia metal mecânica e afins (30%), saneamento e reciclagem (30%), energia (20%), cadeia de construção civil (20%), Industria têxtil (20%), comunicação, publicidade e editoração (30%), indústria de serviços e apoio (manicures, barbearias, cabeleireiros, além da fabricação de eletrodomésticos e domésticos) também (30%), agropecuária (30%), Tecnologia da informação(30%), móveis e madeira (20%), logística e transporte (30%), indústria de veículos (30%), cadeia da saúde 100% e Esporte, Cultura e Lazer (treino de atletas individuais e treino dos clubes participantes da final do campeonato cearense. São esses os principais setores de retomada da economia do Estado neste período de transição e o percentual de atividade que cada área deve cumprir.

Camilo Santana detalhou que dois critérios foram utilizados para definir os setores da retomada econômica. Segundo ele, o risco sanitário e a importância socioeconômica foram os fatores determinantes.

“Do dia 1º ao dia 7, serão liberadas algumas atividades, mas tem critérios a serem seguidos. Há uma tendência de estabilização dos casos, principalmente em Fortaleza, mas quero deixar claro que os próximos 7 dias serão avaliado. A Saúde vai avaliar e determinar se é possível prosseguir com as próximas fases ou não”, ressaltou o governador.

 

Comente com Facebook