/Medidas mais rígidas aumentam o isolamento social, Camilo diz que nada altera decreto estadual

Medidas mais rígidas aumentam o isolamento social, Camilo diz que nada altera decreto estadual

O  percentual de isolamento social da população do Ceará aumentou depois das medidas mais rígidas adotadas na capital cearense, hoje gira em torno de 54%, segundo o governador do Estado, Camilo Santana (PT). O percentual foi divulgado pelo chefe do Executivo estadual em pronunciamento pelas redes sociais nesta segunda-feira (11/05) em referência a situação registrada no último domingo (10/05). Ele destacou ainda que em Fortaleza, epicentro da epidemia de coronavírus no Estado, a cifra média registrada ontem chegou a 60%.

Na noite desta segunda, Camilo voltou as redes sociais para comunicar a população que no Ceará não haverá alterações na política de relaxamento do isolamento social. O governador se referia ao decreto presidencial de Jair Bolsonaro (sem partido) que inclui a liberação de serviços essenciais classificados pelo governo federal como; salões de beleza, barbearias e academias de ginástica. Camilo usou todas a redes sociais para dizer que nada altera o atual decreto estadual em vigor no Ceará

“Informo que, apesar do presidente baixar decreto considerando salões de beleza, barbearias e academias de ginástica como serviços essenciais, esse ato em NADA ALTERA o atual decreto estadual em vigor no Ceará, e devem permanecer fechados. Entendimento do Supremo Tribunal Federal.” Escreveu o chefe do Executivo.

 

Comente com Facebook