/Supermercados serão fiscalizados para evitar preços abusivos

Supermercados serão fiscalizados para evitar preços abusivos

Compartilhe!

Setor supermercadista e núcleos de defesa do consumidor firmam acordo para fiscalizar preços abusivos nos supermercados brasileiros. A parceria foi estabelecida por meio da assinatura, nesta sexta-feira, 17, do protocolo de cooperação entre as áreas. A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) irão atuar juntas na fiscalização de práticas abusivas na revenda dos produtos em supermercados durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. O acordo estará em vigor por 60 dias, podendo ser prorrogado, e não acarretará repasse de recursos financeiros entre as partes.

Um conjunto de produtos foram definidos como prioritários para direcionar a análise dos preços de comercialização durante a pandemia. De acordo com o protocolo de cooperação, deverão ser realizadas reuniões mensais entre os setores. Os encontros serão destinados para o repasse de informações do monitoramento semanal do mercado consumidor e da situação enfrentada pela população ao realizarem compras no que diz respeito a preço e oferta de produtos. Medidas de fiscalização direcionadas regionalmente serão repassadas por meio das 27 associações estaduais filiadas à Abras.


Compartilhe!

Comente com Facebook