/Quiterianópolis: açudes arrombam em cadeia, destoem casas e deixam pessoas desaparecidas

Quiterianópolis: açudes arrombam em cadeia, destoem casas e deixam pessoas desaparecidas

Dados de pluviômetros locais em Quiterianópolis registraram chuva de 230 mm e causaram grandes estragos no município. Vários açudes tiveram suas paredes rompidas pelo forte volume das águas. Ao menos 100 famílias foram afetadas com o arrombamento dos reservatórios. Houve desabamento de prédios, casas, bares e comércios. Vilas foram inundadas e três pessoas estão desaparecidas. A preocupação continua com outros açudes que estão sangrando.

As localidades de Cacimbas, São Francisco, e Santa Rita foram muito afetadas com o arrombamento dos açudes. De acordo com o secretário de Governo,  Epaminondas Bezerra, cerca de duas duas mil pessoas estão ilhadas na comunidade de Santa Rita.

A estrada que liga Quiterianópolis a Novo Oriente também está bloqueada devido ao rompimento de uma ponte que dá acesso aos dois municípios.

 

As aulas foram suspensas e os prédios escolares estão servindo de abrigo às famílias que perderam suas casas.

O prefeito Dr. Barreto decretou estado de calamidade no município. Ele esteve na sede do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBM-CE), juntamente com o deputado estadual Audic Mota (PSB) e o deputado federal Júnior Mano (PL-CE) solicitando intervenção dos órgãos estaduais e definindo estratégias para resolver a situação do município.

O Prefeito Dr. Barreto se reúne juntamente com o deputado estadual Audic Mota e o deputado federal Júnior Mano, na sede da CBMCE, para definir ações para resolver a situação de calamidade pública em Quiterianópolis

Ainda de acordo com o secretário de Governo Epaminondas, a lâmina do sangradouro do açude Colinas está com altura de 1,5 metros em volume de água. A população de Quiterianópolis está mobilizada com os trabalhos de limpeza das regiões, na tentativa de aumentar o sangradouro e evitar que outras barragens venham a se romper.

Comente com Facebook