/Augusto Aras abre investigação por denunciação caluniosa feita em depoimento que cita Bolsonaro

Augusto Aras abre investigação por denunciação caluniosa feita em depoimento que cita Bolsonaro

Nesta quarta-feira, (30/10), o PGR Augusto Aras acatou pedido de Moro que requeria apuração de possível denunciação caluniosa contra o presidente Jair Bolsonaro. Aras remeteu ao MPF do Rio a referida investigação.

Em entrevista ao jornal Estadão, Aras disse que a sua assessoria ouviu todos os áudios (relativos aos contatos da portaria do condomínio de Bolsonaro no Rio) e que não há nenhuma participação do presidente.

“Nos elementos informativos que o procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro encaminhou ao Supremo (Tribunal Federal), que, por sua vez, encaminhou à Procuradoria Geral da República, não há nada que vincule o presidente da República a qualquer evento. Não há nada. A minha assessoria ouviu todos os áudios (relativos aos contatos da portaria do condomínio de Bolsonaro no Rio) e não há nenhuma participação do presidente ou de indício da voz do presidente.”

Comente com Facebook