/Uruburetama: Câmara cassa mandato de prefeito afastado e preso

Uruburetama: Câmara cassa mandato de prefeito afastado e preso

Depois de ser afastado, proibido de exercer a medicina por seis meses e preso, o prefeito José Hilson de Paiva teve seu mandato cassado na manhã desta segunda-feira (28/10) pela Câmara Municipal de Uruburetama. Os vereadores presentes aprovaram a cassação por unanimidade.

José Hilson está preso desde julho deste ano, em um presídio em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Logo após sua prisão, o vice-prefeito, Artur Wagner Vasconcelos Nery (PCdoB) assumiu a gestão e permanece no comando da prefeitura.

EM TEMPO

Após o Ministério Público de Uruburetama pedir a prisão de José Hilson em julho deste ano e ser deferida pela justiça, em agosto, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça da Comarca de Cruz Rodrigo Coelho Rodrigues de Oliveira, também ofereceu denúncia contra o médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva, em razão de condutas criminosas que feriram a dignidade sexual de duas vítimas no município de Cruz.

Comente com Facebook