/Na esteira da crise do PSL, Delegado Waldir alerta: “estão mexendo com a pessoas errada”

Na esteira da crise do PSL, Delegado Waldir alerta: “estão mexendo com a pessoas errada”

Entre os vários capítulos da crise no PSL, eis que surge mais um.  A troca de acusações no partido ampliou a lista de pessoas dispostas a colaborar com a apuração sobre fake news. O líder da sigla na Câmara, Delegado Waldir, diz que foi atacado em suas redes sociais, mas que os autores das postagens esqueceram de um detalhe: “que sou policial e sou bom de investigação.”

Delegado Waldir faz uma alerta. “Estão mexendo com a pessoa errada. Estou quieto aqui. Não mexam comigo”, diz ele. “Quem fez a pergunta que derrubou o Eduardo Cunha fui eu,” ressalta. Referindo-se ao episódio em 2016, quando questionou se o então presidente da Câmara se tinha conta na Suíça ou em paraíso fiscal.

Waldir afirma que é prática comum dos aliados de Bolsonaro disseminar mentiras nas redes e diz está disposto a colaborar com a CPMI se for chamado, afirmando que se for convidado talvez faça um bom depoimento.

Comente com Facebook