/MBL e Direita São Paulo também se estranharam nas manifestações de domingo

MBL e Direita São Paulo também se estranharam nas manifestações de domingo

MBL e Direita racharam em Fortaleza e na capital paulista. Após o confronto entre militantes do MBL e do Direita São Paulo, em ato na avenida Paulista, o caminhão de som da Direita exibiu um vídeo em que Olavo de Carvalho citou “traidores que começaram a negociar com a outra parte e intitular-se moderados” devem ser punidos e disse que era preciso “quebrar as pernas desses vagabundos”.

A divisão tornou-se evidente. Os que pregam o expurgo do MBL falam em “depuração” da direita. Do outro lado, há forte temor de que atos pró-Bolsonaro descambem para o radicalismo puro e simples, apoiado no discurso anti-instituições.

Membros do MBL foram hostilizados próximo ao Masp, nas manifestações de domingo, houve empurrões e agressões contra simpatizantes e pessoas ligadas ao movimento. Um dos agressores foi detido pela Polícia Militar que estava no local acompanhando o ato.

Comente com Facebook