/Manifestação na praça Portugal expõe racha entre MBL e bolsonaristas

Manifestação na praça Portugal expõe racha entre MBL e bolsonaristas

O movimento na Praça Portugal em Fortaleza em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ao ministro Sergio Moro demonstrou que existe um racha entre o Movimento Brasil Livre (MBL) e o grupo Endireita, que realizaram protestos simultâneos na Praça Portugal neste domingo (30/06).

O grupo bolsonarista acusa o MBL de tê-los deixado na mão no momento que mais precisaram, em referência ao último evento pró-Bolsonaro que o MBL se recusou a participar alegando que não compactuava com a pauta de fechamento do Congresso. Os bolsonaristas consideraram o caso como uma grande traição.

No evento da Praça Portugal dois paredões de som ficaram ligados até os representantes do MBL e Endireita entrarem em um acordo e todos falarem em um único som, do trio do grupo Endireita.

Quando o deputado estadual André Fernandes foi falar, o som do MBL voltou a ser ligado. Um dos motivos deve estar ligado ao fato de André Fernandes ter entrado com o pedido de afastamento de Heitor Freire do comando da legenda.

Embora os participantes tenham considerado o evento um sucesso, não deu para esconder o racha entre os grupos do MBL e bolsonaristas.

 

Comente com Facebook