/TSE abre Investigação Judicial Eleitoral contra Jair Bolsonaro sobre disparo de mensagens

TSE abre Investigação Judicial Eleitoral contra Jair Bolsonaro sobre disparo de mensagens

O ministro Jorge Mussi, corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aceitou denúncia do PT e abriu uma ação para investigar suposta compra de pacotes de disparos de mensagens no WhatsApp com conteúdos anti-PT, realizadas por empresário que apoiam a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL).

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) alegando a Inelegibilidade e Abuso de Poder Econômico, tem como réu o candidato Jair Messias Bolsonaro (PSL), candidato a vice presidente Hamilton Mourão, o empresários Luciano Hang e várias empresas ligadas ao ramo de disparo de mensagens automáticas. A denuncia foi baseada em uma reportagem da Folha de S. Paulo.

A Ação foi aberta na noite desta sexta-feira (19/10).

 

Comente com Facebook