/PMN poderá ter candidato a governador

PMN poderá ter candidato a governador

De acordo com a Lei n° 13.165/2015, Lei da Reforma Política, as Convenções devem ocorrer no período de 20 de julho a 5 de agosto do ano eleitoral. Devido a aproximação do prazo final para realização das Convenções partidárias, maiores são as movimentações das siglas em busca de definições para suas respectivas coligações.

O Partido da Mobilização Nacional (PMN), na tentativa de se manter vivo no cenário político partidário poderá lançar um candidato ao governo do Estado, uma vez que as tentativas para coligações proporcionais objetivando eleger um ou dois deputados federais não vem se concretizando.

O presidente da agremiação, Reginaldo Moreira, esteve reunido na última quarta-feira (25/07) com representantes de vários partidos no hotel Amuarama, onde foi debatido a possibilidade do PMN lançar uma candidatura ao governo do Estado. A possível aliança seria formada por PMN, Rede, Podemos, PTC e PRP.

De acordo com o resultado da primeira reunião, Reginaldo Moreira sairia candidato a governador pelo PMN, as duas vagas de senador deveriam ser ocupadas por por Bardavil do Podemos, Robert do PTC ou João Saraiva da Rede. Neste caso, o impasse seria resolvido no próximo domingo em um segundo momento, uma vez que existem três nomes para duas vagas.

Os partidos também sairiam coligados na proporcional para deputado federal, objetivando fazer pelo menos um nome para a Câmara Federal para manter os partidos vivos dentro do novo contexto político eleitoral do Pais.

EM TEMPO 1

O deputado estadual Ely Aguiar (PSDC) que chegou a participar de algumas reuniões, decidiu não ficar no bloco e vai coligar com o PSL.

EM TEMPO 2

O presidente do PMN confirma a informação de que a vereadora Socorrinha Holanda, mãe do atual prefeito de Nova Russas, Rafael Pedrosa, vai concorre a uma vaga na Câmara Federal.

 

Comente com Facebook