/Edinho se despede do Fortaleza e confirma acerto com Atlético-MG: “Decisão muito difícil”

Edinho se despede do Fortaleza e confirma acerto com Atlético-MG: “Decisão muito difícil”

Edinho nem chegou a entrar em campo, neste sábado (23), contra o Oeste, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Titular absoluto e curado de uma virose, o jogador estava pronto para retornar, mas acabou não indo a campo. Nos bastidores, ele acertava sua saída do Leão do Pici e fechava com o Atlético-MG, que quer o jogador para as disputas da Série A, pós-intervalo para a Copa do Mundo. As conversas já haviam se tornado notícia, mas não tinham sido ainda confirmadas.

Emocionado, ele conversou rapidamente com a imprensa, confirmando a negociação, e agradeceu a todos do clube, declarando amor pelo Fortaleza.

 É uma oportunidade maravilhosa que estou tendo em minha vida. Fico triste por sair daqui porque é aqui onde em cresci. Foi onde realizei meu sonho de ser jogador de futebol. Eu saio triste pra caramba mesmo porque eu amo esse clube. Mas a gente, na vida, tem que fazer certas decisões. Uma decisão muito difícil que eu tomei. Mas eu tô indo feliz porque é a realização de um sonho, em que eu posso dar um futuro melhor para a minha família. Então, eu creio que as coisas acontecem todas no tempo de Deus. Quero agradecer ao presidente, que me trouxe pra cá, ao Rogério (Ceni) que confiou no meu futebol. A todos os envolvidos, aos jogadores, porque sem eles eu não estaria realizando esse sonho. Com a ajuda de todos, da torcida. A torcida é sensacional desde o tempo da minha base. Queria dar o acesso à Série A a esse clube, mas sei que os guerreiros que estão aqui vão dar conta do recado – disse.

Em meio à fala de despedida, Edinho, que viu a derrota tricolor de fora do campo, fez um rápido comentário, mantendo a linha de que foi “coisa de futebol”.

– A gente não queria a derrota, mas é coisa do futebol. Acontece. Como eu estou indo embora, as coisas também acontecem na derrota. Então, quero agradecer a todos mesmo que me ajudaram. Só tenho a aagradecer a por tudo isso.

O presidente Marcelo Paz também confirmou a saída do jogador. Para ele, a decisão do atleta precisa ser respeitada pela diretoria e pela torcida do clube.

– Nós conversamos mais de uma vez com o jogador. Eu conversei, o Rogério Ceni conversou. Oferecemos algumas melhoras a ele. Mas a decisão dele foi de deixar o clube agora. Nós respeitamos porque é uma coisa melhor para o Edinho. E também não podemos impedir porque o passe do Edinho é preso ao Guarani, que tem interesse na negociação – explicou Marcelo Paz.

O mandatário tricolor não quis comentar valores, mas o que se sabe de bastidores é que o Galo ofereceu cerca de R$ 100 mil de salário ao jogador, que ganha pouco mais de R$ 30 mil no Tricolor do Pici. / ge

Comente com Facebook