/Eleições suplementares: Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari já tem novos prefeitos

Eleições suplementares: Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari já tem novos prefeitos

Os municípios de Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari já tem novos prefeitos. As eleições suplementares foram realizadas neste domingo (03/06). Em Santana do Cariri foi eleito Pedro Henrique (MDB) com 5.004 votos. Em Frecheirinha o candidato do PDT, Helton Luis, foi eleito com 4.934 votos. Já em Tianguá, doutor  Jadson do PTB, venceu com 22.203 votos. No município de Umari, a nova prefeita é Neide do PSD, com 2.739 votos.

 Os prefeitos dos quatro municípios tiveram seus diplomas cassados por irregularidades comprovadas pela Justiça:

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará na sessão de 23/4/18, manteve, por maioria, a cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Frecheirinha, Carleone Júnior de Araújo e Cláudio Fernandes Aguiar, na Ação de Investigação Eleitoral, por Conduta Vedada a Agente Público, nas eleições de 2016.

Em 17/4/18, o TRE manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas da prefeita e do vice-prefeito de Santana do Cariri, Danieli de Abreu Machado e Juracildo Fernandes da Silva, na  Ação de Investigação Judicial Eleitoral, por abuso de poder político/econômico nas eleições de 2016.

No julgamento ocorrido em 19/2/18, o TRE-CE também manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas do prefeito e da vice-prefeita de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto e Laura do Carmo Lustosa Ribeiro, na  Ação de Investigação Judicial Eleitoral, por captação ilícita de sufrágio nas eleições de 2016.

Já o caso de Tianguá foi decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral na sessão do dia 15/3/18. O TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito em Tianguá, nas Eleições de 2016, Luiz Menezes de Lima, e do vice-prefeito, Aroldo Cardoso Portela, e revogou a decisão liminar que os mantinha no cargo.

Comente com Facebook