/A força do caminhão

A força do caminhão

A força dos caminhoneiros espalhados pelo Brasil é imensa. O País está parando e pode entrar em colapso caso o preço o preço dos combustíveis não chegue a um patamar aceitável. A paralisação dos caminhoneiros  chega ao quarto dia. Diversas rodovias brasileiras estão bloqueadas, gerando desabastecimento de alguns produtos, como o próprio combustível, em alguns estados. Nesta quarta, os caminhoneiros bloquearam o acesso ao Terminal Terrestre de Brasília da Petrobras, no Setor de Indústrias Gráficas (SIA), além de trechos da BR 060, BR 050, BR 040, e BR 070 e outras espalhadas Brasil a fora.

Ainda nesta quarta, o presidente da Petrobras, Pedro Parante, anunciou redução de 10% no preço, menos de 0,26% no litro, do diesel nas refinarias por 15 dias. Um dia antes, na terça (22/05), governo anunciou que a redução de impostos sobre o diesel, zerando a cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

Ainda se acordo com os caminhoneiros, o presidente Michel Temer volta a se reunir na manhã de hoje (25/05) com ministros e o presidente da Petrobras para discutir o preço do combustível. A expectativa do governo é que o impasse com os caminhoneiros seja resolvido em breve.

 

Comente com Facebook