/Ministério Público quer todos os envolvidos na morte da universitária, Cecilia Raquel, presos até o julgamento

Ministério Público quer todos os envolvidos na morte da universitária, Cecilia Raquel, presos até o julgamento

Compartilhe!

Ministério Público Estadual (MPE)  pede que todos os acusados do assassinato da estudante universitária de Direito, Cecilia Raquel Gonçalves Moura, fiquem presos até o julgamento.

Cecilia Raquel, tinha 23 anos e foi assassinada, a tiros, durante uma tentativa de assalto. O crime ocorreu na manhã do dia 12 de abril, no bairro Parque Manibura, em Fortaleza.

De acordo com a denuncia do Ministério Público, Geanderson da Silva Barbosa, teria sido o responsável por atirar na vítima. Os demais partipantes; Rodrigo Barbosa de Moura, Leonardo Lima do Nascimento, Antônio Honorato Pinheiro Macedo Filho, Jeferson de Freitas Rodrigues, Antônia Alexandre do Nascimento (mulher de Jeferson) e Jéssica Ferreira Oliveira também tiveram participação e já vinham atuando em constantes assaltos na região do parque Manibura. Todos faziam parte da mesma quadrilha especializada em roubar carros de luxo.

Cecilia Raquel, estagiava na 3ª Promotoria de Justiça Auxiliar do Crime, da procuradoria Geral da Justiça; e no Núcleo Criminal do Ministério Público Federal no Ceará (MPF).

(Com informações, Fernando Ribeiro)

 


Compartilhe!

Comente com Facebook