/O que acontece com a gestão da saúde de Nova Russas que não sai da UTI? Por Jesus da Costa

O que acontece com a gestão da saúde de Nova Russas que não sai da UTI? Por Jesus da Costa

Eternizada na campanha de 2012, o jargão “Tirar da Nova Russas da UTI”, marcou um modelo que teima em continuar gerenciando os designos de Nova Russas. Marcado pela morosidade, falta de prestígio e inercia em detrimento aos gemidos da população, sobretudo a mais carente, a Gestão Pública de Nova Russas teima em caminhos que o passado atesta que não dá certo… A saúde pública é um caos piorado a anos, e lamentavelmente assistimos a cenas patéticas que reforçam minha convicção do despreparo à frente da Prefeitura de Nova Russas.
A ineficiência nos gastos, externa a fragilidade de conhecimento, e transforma investimento em despesa… Visto que o dispêndio de recurso na Construção de um Centro de Especialidades Médicas, pouco trouxe de eficiência ao atendimento de piso da saúde de Nova Russas. O vídeo viralizado nas redes sociais, em que um prédio como o do Hospital Jose Gonçalves Rosa, que contrariando a patética nota da Prefeitura, teve sim uma reforma em meados de 2013, licitada e paga com dinheiro público, é o cumulo do absurdo. Todavia, o que ocorre é sim a falta de zelo, de um olhar mais humanizado para o único equipamento de socorro aos enfermos de Nova Russas.
Nova Russas arrecadou pouco mais de 600 mil reais de ISS no ano de 2017… Seria razoável que algum Vereador de bom senso, sair da sua zona de conforto, e propor o direcionamento deste recurso para incrementar o custeio da Saúde de Nova Russas, visto que há previsão constitucional para tal propositura de competência do Município. Em Nova Russas, apesar dos recursos escassos, se gasta mal os mínimos que ali chegam, não há prioridades nas alocações de recursos, e a Prefeitura é gerenciada por pessoas que não foram sabatinados pelas urnas, quanto menos pela representação popular. O Prefeito, jovem, e talvez bem intencionado, é visivelmente despreparado para a função, o que compromete todo um contexto… Ressalto que a aprendizagem é o caminho para se recuperar esse mandato, mas pra isso é necessário interesse em se aprender, e não somente em se alimentar o ego pela vaidade e pelos que só querem as benesses do poder.

Comente com Facebook