/O ex-presidente, Fernando Henrique, analisa o atual quadro político brasileiro

O ex-presidente, Fernando Henrique, analisa o atual quadro político brasileiro

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em artigo publicado neste domingo (04/02), ao Estadão, disse que foi uma decepção para as pessoas que aguardavam uma grande mobilização social logo após a condenação do ex-presidente Lula. O eleitorado brasileiro apenas observou os acontecimentos e as repercussões ficaram restritas ao meio político, jornalistico e ao mercado financeiro.

O ex-presidente destaca que a economia tem um papel importante na sucessão presidencial. Para ilustrar a situação ele relembrou o fato eleitoral em que foi candidato, naquela época, tinha 12% e Lula três vezes mais, quando o Real se consolidou como moeda, acabei vencendo as eleições. Contudo, FHC ressalta que não basta a economia melhorar, é preciso que a vida melhore para si e para as pessoas mais próximas. De acordo com o ex-presidente, os dados sem alma são como pedras que rolam dos morros, não formam caminhos.

O ex-presidente, não acredita que no nosso país tenha condições de ocorrer um processo parecido com o da França. No Brasil, o composto eleitoral é muito importante, o tempo de rádio e TV, as alianças partidárias e os recursos financeiros. Portanto, não acredita em candidaturas independentes, pois a nossa eleição não é solitária como a francesa.

E finaliza dizendo que a Pátria precisa tanto de líderes como de instituições e que o povo precisa levar ao poder alguém que tenha visão de país e de mundo.

(Reginaldo Silva, Ceará Notícias)

 

 

 

 

Comente com Facebook