/Camilo pede rigor nas investigações da chacina do bairro Cajazeiras

Camilo pede rigor nas investigações da chacina do bairro Cajazeiras

O governador Camilo Santana (PT), classificou a chacina do bairro Cajazeiras como um ato de selvageria. A informação foi dada via rede social Facebook, onde ele destaca que convocou uma reunião de emergência com o secretário de Segurança Pública, André Costa, e toda cúpula da SSPDS, para determinar rigor absoluto nas investigações. Ele finaliza a nota dizendo que confia no trabalho da polícia, no rigor das investigações e na identificação dos culpados. 

Mais cedo o Secretário de Segurança, André Costa, classificou a chacina como um “caso isolado”. Na coletiva de imprensa ele assumiu que a ação criminosa foi uma ação planeja e organizada, comparada a outros massacres que ocorrem em outros países. Mas garante que não existe perda de controle por parte do Estado.

De acordo com as ultimas informações sobre a chacina do bairro cajazeiras, cinco feridos passaram por cirurgias e outras 10 receberam alta.

Outra informação da SSPDS dá conta de que uma pessoa suspeita de participação na chacina das Cajazeiras, portando fuzil, já está presa, mas o nome ainda não foi revelado para não atrapalhar as investigações.

Confira a nota do governador:

 

Comente com Facebook