/Nova Russas: vereadores denunciam nepotismo cruzado entre os poderes Legislativo e Executivo

Nova Russas: vereadores denunciam nepotismo cruzado entre os poderes Legislativo e Executivo

Em sessão realizada na Câmara Municipal de Nova Russas, nesta quarta-feira (24/01), os vereadores Paulinho Ta legal, Pedro Lira, Hudson Guilherme, Marcelo Evangelista, Toinha do Capitão e Antonio Carlos levantaram no plenário da Câmara o debate sobre os fortes indícios de nepotismo cruzado que envolve os poderes Legislativo e Executivo.

O vereador Marcelo Evangelista, ao fazer o uso da tribuna denunciou uma suposta troca de favores entre os poderes Legislativo e Executivo por ocasião da eleição da escolha dos novos membros da Mesa Diretora da Casa.

De acordo com as informações do vereador, no último dia 22 de janeiro foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Ceará, as portarias de nomeações de três pessoas ligadas diretamente aos membros da nova Mesa Diretora.

Valdy Magalhães de Mendonça Junior é cônjuge da vereadora Izabel Moura, vice-presidente da Câmara, como subsecretário de Juventude, Turismo e Desporto. O atual Secretário da pasta também é irmão do vereador Luis Denilse, primeiro secretário da nova Mesa Diretora.

Potyra Texeira Freittas, é irmã do atual presidente da Câmara vereador Texeira Freitas, foi nomeada subsecretária de Trabalho e Assistência Social.

A ex-presidente da Casa e atual segunda secretária da Mesa Diretora, vereadora Socorrinha Holanda, já tem o esposo, Washington Pedrosa, nomeado como Secretário de Finanças do município.

Outro fato abordado pelo vereador Marcelo Evangelista diz respeito a nomeação do senhor José Maria de Sousa, cônjuge da vereadora Heloisa Rejane, como subsecretário de Agricultura e Recursos Hídricos. Vale salientar que a vereadora não ocupa nenhum cargo na atual mesa diretora.

Marcelo Evangelista diz que as nomeações são no mínimo curiosas e carecem de maiores  investigações por parte do Ministério Público, na qualidade de fiscal da lei, uma vez que elas podem ter sido objeto de trocas no processo de escolha da nova Mesa diretora da Casa, fato que influenciaria na votação, tornando injusto e desequilibrado o processo de votação dos pares.

Os seis vereadores informaram ainda ao Ceará Notícias que também foi protocolada duas denuncias no Ministério Público de Nova Russas, mas que o teor seria revelado posteriormente.

Comente com Facebook