/Operação Mãos à obra prende ex-secretário de Eduardo Paes no Rio

Operação Mãos à obra prende ex-secretário de Eduardo Paes no Rio

Foi deflagrada hoje (23/01), a operação do MPF e da Polícia Federal (PF), Mãos à Obra, que tem desdobramentos a partir das investigações iniciadas na operação Rio 40 Graus. O Ministério Público Federal no Rio (MPF) identificou que Alexandre Pinto, ex-secretário de Obras de Eduardo Paes (MDB) na prefeitura do Rio, supostamente cobrou propina de pelo menos seis obras feitas pelo município. Foram elas: a restauração da Linha Vermelha, o Programa Asfalto Liso, os BRTs Transoeste e a Transcarioca, as obras feitas no entorno do Maracanã e monitoramento de contratos de obras do Corredor Transbrasil.

Alexandre  Pinto foi preso preventivamente nesta terça-feira, pela segunda vez, a partir das novas informações fornecidas por delação premiada. De acordo com o MPF, parte dos recursos obtidos pelo ex-secretário foi para o exterior “de forma sofisticada”, por meio de empresas offshore operadas por terceiros para o ex-secretário. O delator do esquema informou que o ex secretário tem mais de R$ 6 milhões em contas no exterior, valor que será objeto de restituição à Justiça Federal.

 

Comente com Facebook